terça-feira, 18 de outubro de 2016


ou

CENAS sobre MIM



(... ou porque as pessoas interessantes que fazem coisas interessantes, nos conseguem pôr a fazer coisas interessantes e acreditar que talvez tenhamos algo interessante...)

- Chamo-me Sofia. Se fosse um animal seria uma cadela vadia. Ou uma leoa!

- Sou de Lisboa, a única cidade onde podia viver, a par com Barcelona, mas vivo em Oeiras.

- Sou completamente urbana mas quando preciso de fugir , sigo sempre na direcção do mar.

- Gosto de comida picante. Foi um feito do palato já em idade adulta

- Gosto da noite. De jantaradas. De beber uns copos.

-Gosto de Dançar. Muito. Perco-me a dançar. A maneira mais saudável e eficaz de me libertar

- Interessam-me culturas diferentes da minha.

- Admiro e não resisto à vulgaridade sincera nas coisas e nas pessoas. Os humanos ainda não deixaram de me surpreender

- Gosto de pessoas mas não tenho pachorra para gente chata

- Gosto de homens e gosto deles para tudo o que é sagrado e para tudo o que é mundano.

- Tenho uma grande sensibilidade musical embora não saiba tocar uma única nota de música.

- Sempre gostei de correr riscos. Sou atrevida. Já venci e já fui derrotada. Já tive muito e já tive nada.

- Tenho mau feitio. Sou refilona. Se sinto que tenho razão, ninguém me cala, ninguém me trava

- Embirro com algumas pessoas. Umas por razões que não sei explicar, outras apenas pelo facto de respirarem

- Também embirro com quem deliberadamente assassina a língua de Camões

- Acredito que cada um de nós carrega em si uma pilha de coisas e que isso é o seu SEGREDO. Contam-se pelos dedos de uma mão as que conhecem o meu.

- Permaneço alerta: sei que sou viciosa. E algumas vezes viciante.

- Sou permanentemente gulosa mas não por doces!

- Gosto do alternativo

- Gosto de detalhes, pormenores e coisas assim. Habitualmente vejo o que os outros não vêm e posso não reparar no que está mesmo na minha frente.

- Para mim tudo é subjectivo á excepção do Amor verdadeiro.

- Sou Mãe. A melhor que posso e que consigo ser. De resto, a minha filha é tudo e não existe nada acima dela. Mas também já lhe falhei algumas vezes.

- Gosto de partir à aventura sem destino traçado. Ir até onde o instinto me guiar, sem qualquer meta e chegar ao fim cansada mas feliz.

- Gosto do flirt. E de mistério e principalmente de pessoas enigmáticas.

- Cada vez tenho mais consciência do pouco que sei. Isso tem feito com que seja mais humilde.

- Gosto de ouvir alguém falar com a segurança de quem sabe o que diz.

- Sou romântica mas odeio tudo o que seja "kutchi kutchi”, lamechas e piroso. Sou sexual.

- Já vivi muitas vidas aqui e no Reino da Fantasia, onde me refugio sempre que posso.

- Sou uma eterna miúda, com tendências “bratty”

- Sou addicted em saltos altos

- Por muitos motivos sou alérgica a mentiras principalmente quando mentimos a nós próprios. Não gosto, portanto, de mentiras, prefiro as verdades difíceis. De resto, naquilo que não é essencial, até por preguiça, sou uma fácil

- Tenho um maravilhoso e omnipresente anjo da guarda que cuida de mim

- Prefiro ter tempo a ter dinheiro. E cada vez tenho menos tempo e menos dinheiro.

- Acredito que tudo depende da capacidade de SONHAR.

- Tenho muitos fãs (aka inimigos), seguidores e conhecidos às catadupas. Mas também tenho Amigos para toda a vida.

- Acredito em Deus. Acredito que a alma é eterna.

- Não tenho heróis. Tanto na ficção como na realidade, seduzem-me mais os anti-heróis.

- Gosto de bad boys.

 - A normalidade assusta-me

- Tenho um lado sombrio do qual nem sempre me orgulho

- Sei exactamente o que quero. Posso é deixar de querer!

- Acredito no Futuro. Acredito que todas as pessoas podem aprender e mudar.

- Já perdi o controlo e não gostei

- Já magoei e fui magoada. Também já perdoei e espero ter sido perdoada

- Sou capaz e já fiz coisas excepcionais.

- Gosto de “roubar” cenas e gosto que me roubem o coração.
;)


5 comentários:

  1. Um grande indicador de personalidade para quem não te conhece amiga,penso que está grande parte de ti,e de como vives a tua vida e "funcionas",digamos que a grande maioria,para não dizer quase a totalidade,eu sabia ou "desconfiava" que era assim :)

    Beijos cheios de saudades tuas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas tuas palavras sempre tão acertivas :) Beijinhos para ti caro amigo!

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  2. Gostei, Sofia. Sinceramente gostei!
    :))

    ResponderEliminar